"Não se conhece o homem por sua animação, mais pela quantidade de sofrimento verdadeiro que ele é capaz de suportar!..." (Charles Thomas Studd)

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Consolidação - Processo contínuo de conquistas

http://sheimonphn.blogspot.com


Consolidação - Processo contínuo de conquistas





Como ter o modelo da Visão? Como fazer discípulos? Simples: Consolidando-os.

Fazer discípulos é uma bênção, mas também é uma grande responsabilidade! Demanda tempo e sensibilidade para descobrir as necessidades de cada um e saber como lidar com elas. E isso é um processo contínuo até que Cristo seja formado neles!

Fazer discípulos além de ser um privilégio, é também uma responsabilidade. Alguns aspectos importantes neste processo:

1. Cobertura
Os discípulos são protegidos pelo líder, que ao mesmo tempo recebe deles proteção e vida.

2. Amadurecimento
Os discípulos são instrumentos de Deus, pedras que o líder recebeu para lapidá-las e ser lapidado, sendo este líder alcançado em áreas que jamais imaginou e fortalecido no seu caráter.

3. Multiplicação
Com o discípulo consolidado, fazê-lo líder e multiplicador será algo comum e contínuo, pois toda pedra bem lapidada produz beleza e brilho intenso.

4. Conquista de novos territórios
Quem tem cobertura, maturidade e multiplicação tem necessariamente um avanço de territórios que começou dentro de cada indivíduo para se materializar no governo estabelecido. Quando os meus discípulos estão conquistados por dentro (e isso veio pela consolidação contínua) eles conquistarão o que está por fora (novos territórios).

Em síntese, o fazer discípulos só será estabelecido cem por cento quando a consolidação que pratico neles causar uma mudança positiva e real em seu estilo de vida e os levar a uma consciência contínua e prática da sua função de agente modificador e representante legal do Reino dos Céus em nossa sociedade, estabelecendo este Reino, cumprindo assim a grande comissão.
- Ministério Monte Sião -


Nenhum comentário:

Postar um comentário