"Não se conhece o homem por sua animação, mais pela quantidade de sofrimento verdadeiro que ele é capaz de suportar!..." (Charles Thomas Studd)

quinta-feira, 4 de março de 2010

PARA QUE LADO DEUS ESTÁ INCLINADO

http://sheimonphn.blogspot.com

PARA QUE LADO DEUS ESTÁ INCLINADO
Atos 7.9

"Os patriarcas, tendo inveja de José, venderam-no como escravo para o Egito. Mas Deus estava com ele." (Atos 7:9)

Introdução
É muito comum pensarmos que quando as circunstâncias da vida são todas boas, são todas favoráveis... é porque Deus está conosco, é porque Deus está aprovando a nossa vida, aprovando a nossa conduta...

E quando passamos por dias maus, quando passamos por tempos difíceis... quando sofremos a maldade dos outros, quando ficamos enfermos e sofremos dores, sofremos humilhação, perseguição...

A conclusão, então, a que geralmente chegamos, é que passamos por estas coisas, por estas adversidades, por estas lutas, porque Deus está aborrecido conosco, nos provando ou nos castigando.

Então, é muito comum concluirmos isto: se o tempo está bom, é sinal de que Deus está aprovando minha vida; mas se o tempo está mal, é porque Deus foi embora e me abandonou...

Eu quero estudar dois textos da Bíblia com você esta noite. O primeiro é esse de Atos 7.9: A Bíblia diz que José foi vendido por seus próprios irmãos como escravo para o Egito.

Que problema! Você já imaginou? ...mas diz esse verso que "Deus estava com ele". Aleluia!
Isso pode ser bem difícil de entender.
José sofreu terrivelmente nas mãos dos seus próprios irmãos de sangue... ele passou por um tempo absolutamente tenebroso.

Afinal, ele era um rapazinho, quando foi tirado da casa de seu pai, com requintes de crueldade, e levado para uma terra estranha a fim de trabalhar à força...
Ninguém desejaria passar pelo que José passou... Mas a Bíblia diz que Deus estava com ele!

Naquele momento, e por longos anos, esta verdade sobre a presença de Deus, passou desapercebida aos olhos de todo mundo e, talvez aos olhos do próprio José.

Ora, vamos concordar numa coisa: não é fácil perceber a presença de Deus em meio a uma luta, em meio a uma situação difícil... não é fácil perceber a presença de Deus em meio a traições...

Mas a verdade é que, embora fossem essas as circunstâncias, o Senhor estava presente e respaldando a vida de José.

O que esse versículo revela para nós, é que enquanto José enfrentava duras e prolongadas lutas, Deus estava "nos bastidores" preparando o cenário para "a hora da virada"...

A revelação desse verso é que Deus estava, apesar das circunstâncias de dor, de humilhação, de escravidão, Deus estava trabalhando para o bem de José.

Agora, o oposto também acontece.
Muitas pessoas confundem circunstâncias favoráveis, dias bons e tranqüilos, com a presença e a benção do Senhor sobre suas vidas.
Muitos, por exemplo, pensam: "Ah! Está tudo bem comigo, tenho tido paz e alegria em minha vida... Deus está me abençoando", quando na verdade, Deus deixou de respaldá-las com a sua presença.
Foi isso que aconteceu com Sansão. Você pode localizar na Bíblia o livro dos Juízes 14?

Em Jz 13.24, lemos de como Sansão foi um homem consagrado a Deus... ele cresceu abençoado pelo Senhor.

Lendo a história da vida de Sansão nesse livro da Bíblia, encontramos isto: "O menino cresceu, e o Senhor o abençoou"... lemos também (Jz 14.6) que "o Espírito de Deus fez Sansão ficar forte".
Então, Sansão contava com o favor de Deus e desta maneira venceu muitos inimigos... com as suas próprias mãos ele despedaçou um leão, como se o leão fosse um cabritinho!

Mas num determinado momento da sua vida, Sansão negociou a santidade, ele brincou com o pecado. Sansão deitou-se nos braços de Dalila, uma prostituta.
E iludido com as lembranças de como o Senhor o estava abençoado até então, Sansão achou que mais uma vez seria livrado sobrenaturalmente das mãos dos filisteus.
Mas ele estava enganado. A Bíblia conta que os inimigos o capturaram e o levaram à desgraça porque, à essa altura, "[ele] não sabia que o Senhor já havia se apartado dele" (Jz 16:20).

De uma hora para outra, a segurança de um homem forte, valente, caiu por terra, pelo simples fato de que Deus não estava mais ao seu lado.

E veja: apesar das circunstâncias até então não revelarem tal ausência.

Há uma pergunta que devemos fazer todo o tempo em relação à nossa vida: De que lado Deus está?
Deus está do meu lado ou se apartou de mim? Eu estou sendo respaldado pela presença de Deus ou Ele tirou as Suas mãos de sobre mim?
Como eu disse e procurei mostrar, a resposta nem sempre está nas circunstâncias.

Você pode passar por problemas terríveis e ter crises medonhas e ter o Senhor Deus guerreando ao seu lado, como aconteceu com José.

Por outro lado, você também pode estar indo de vento em popa na vida, vendo tudo dar certo pra você e, como Sansão, não contar mais com o respaldo da presença de Deus.

Um dia, Asafe entrou em profunda confusão por ignorar esta verdade.
O testemunho dele está no Salmo 73, onde ele nos dá conta de que seus pés "quase resvalaram".

Aquele servo de Deus chegou à beira de abandonar a fé. E por que? Simplesmente porque começou a olhar a prosperidade dos ímpios, a riqueza deles, a saúde deles, enquanto que ele, servo do Altíssimo, passava por privações e calamidades.

Asafe, então, chegou à conclusões distorcidas sobre Deus.
Ele achou que Deus não se preocupava com ele e que só abençoava os infiéis...

Asafe quase se revoltou contra Deus e teria feito isso, se a misericórdia de Deus não lhe tivesse aberto os olhos.
Então, quando ele percebeu que aquela tranqüilidade dos ímpios, nada mais era do que um engano que os levaria à destruição eterna... Só então é que ele voltou a si e entendeu que, apesar das lutas, que apesar das dificuldades, que apesar dos problemas, Deus estava jogando no seu time e, mais cedo ou mais tarde, a virada iria acontecer.

Conclusão
Irmão, eu não sei se você está vivendo dias difíceis ultimamente... eu não sei se há uma crise em sua casa... não sei se há enfermidade, dores, traição, calúnias, dívidas, ou outros problemas na sua vida...
Mas quando você estiver em tribulação, quando você estiver em luta, quando você estiver em crise, não pergunte porque? Não tente entender tudo.
Apenas dedique-se a buscar uma resposta: Deus está ao meu lado ou está contra mim nisto?

Da mesma maneira, irmão, quando você estiver vivendo tempos de bonança, tempos de calma e tranqüilidade, de prosperidade e de paz na sua vida, não relaxe na fé, não relaxe nos seus compromissos com Deus, não relaxe com a igreja - o Corpo de Cristo...

Não pense que uma vida boa é sempre fruto da aprovação de Deus. Mas examina o seu coração e pergunte-se: Deus está comigo nesta subida maravilhosa ou eu estou apenas sendo projetado para uma terrível queda?
Talvez você esteja perguntando: "Mas como vou saber de que lado Deus está? Se as circunstâncias nem sempre O revelam, como vou saber?"

Amado, Deus está sempre ao lado dos que são fiéis! A aliança de Deus é para com aqueles que andam em aliança, em compromisso.
Não importa a dor que for, a situação que for, a circunstancia que for que você sofrer em sua vida, Deus estará contigo, ao seu lado, se você for fiel.

Ministração
Momento individual para oração (música CD 1).
Antes de Deus falar para Josué: "Eu estarei contigo por onde quer que andares..", o Senhor impôs a condição: "Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido" (Js 1:7,8).

Irmão, irmã, em cada circunstância de sua vida, especialmente na dificuldade, tenha apenas a preocupação de sondar o seu coração e avaliar se você está andando nos princípios de Deus, se você está vivendo de acordo com a Palavra e a vontade de Deus revelada ao seu coração.

Se você tiver esta certeza, então você poderá descansar e ficar certo de que Deus está ao seu lado. E a escravidão, a traição, a calúnia, os problemas, as outras dificuldades, ora, são apenas circunstâncias que irão passar.

Agora, se a sua infidelidade ou independência de Deus, fez Deus se retirar, fez a presença do Espírito dEle ser extinguida do seu coração, você não vai ter a mínima chance... Tudo pode parecer muito bem, mas você vai provar o sabor amargo da derrota.

É melhor que você diga ao Senhor agora: "Senhor Deus, eu quero ser fiel", antes que seja tarde...

Deixe seu lugar, amado, venha aqui à frente, se você quiser fazer um compromisso hoje com Deus, o compromisso de ser fiel, o compromisso de amar a Deus, honra-lO e obedece-lO...... (música CD 2).

Pr Walter Pacheco da Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário