"Não se conhece o homem por sua animação, mais pela quantidade de sofrimento verdadeiro que ele é capaz de suportar!..." (Charles Thomas Studd)

quinta-feira, 4 de março de 2010

QUANDO UM MILAGRE É PRECISO

http://sheimonphn.blogspot.com


QUANDO UM MILAGRE É PRECISO
Atos 3.1-10

1 “Certo dia Pedro e João estavam subindo ao templo na hora da oração, às três horas da tarde.

2 Estava sendo levado para a porta do templo chamada Formosa um aleijado de nascença, que ali era colocado todos os dias para pedir esmolas aos que entravam no templo.

3 Vendo que Pedro e João iam entrar no pátio do templo, pediu-lhes esmola.

4 Pedro e João olharam bem para ele e, então, Pedro disse: “Olhe para nós!”

5 O homem olhou para eles com atenção, esperando receber deles alguma coisa.

6 Disse Pedro: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande”.

7 Segurando-o pela mão direita, ajudou-o a levantar-se, e imediatamente os pés e os tornozelos do homem ficaram firmes.

8 E de um salto pôs-se em pé e começou a andar. Depois entrou com eles no pátio do templo, andando, saltando e louvando a Deus.

9 Quando todo o povo o viu andando e louvando a Deus,

10 reconheceu que era ele o mesmo homem que costumava mendigar sentado à porta do templo chamada Formosa. Todos ficaram perplexos e muito admirados com o que lhe tinha acontecido”.

Introdução
Segundo uma pesquisa norte-americana (Newsweek), "84% dos americanos acreditam que Deus realiza milagres e, 48% afirmaram já ter presenciado ou experimentado algum milagre. Ainda segundo a pesquisa, "entre os americanos, 75% dos católicos, 81% dos evangélicos e 43% das pessoas sem religião, declararam que já pediram a Deus por um milagre".

Para os judeus, todas as manifestações de Deus, na natureza e na história, eram para eles milagres, maravilhas (Sl 138,14; Jó 5,9).

Diz o dicionário Aurélio, que "qualquer manifestação da presença ativa de Deus na história humana, é milagre".

O nosso Deus é o Deus dos milagres... no livro que nos conta a história de Jó, lemos isto: “Ele realiza maravilhas insondáveis, milagres que não se pode contar” (Jó 1.9).

Ele tem um milagre para cada vida aqui.

A grande questão, no entanto, é o que fazer para receber um milagre de Deus.

Eis alguns princípios para a nossa vida:

...o primeiro princípio é:
1- VOCÊ NUNCA DEVE ACHAR QUE DEUS SE ESQUECEU DE VOCÊ
Este homem, aqui do texto, tinha mais de quarenta anos e todos os dias era colocado na porta do templo.

Quantas vezes Jesus deve ter passado por este homem? ...com freqüência, Jesus ia ao templo... então, aquele homem, por diversas vezes, presenciou Jesus curar os enfermos: os coxos, os cegos, os paralíticos... (Mt 21).

Toda vez que aquele homem via Jesus curando aqueles doentes no templo, ele devia se encher de esperança... no entanto, a vez dele nunca chegava.

Por que? Jesus havia se esquecido dele?

Não! Deus nunca Se esquece de nenhum de nós... apenas não era ainda, o tempo de Deus agir.

No aparente silêncio, Deus está nos dizendo: “espere – o seu tempo ainda vai chegar... não Me esqueci de você”.

De fato, houve um dia em que Pedro e João foram ao templo e disseram para aquele coxo: “olha para nós, o dia do seu milagre chegou”.

...eis o segundo princípio:
2- NUNCA ESPERE POUCO DE DEUS
Se você estiver precisando de um milagre de Deus em sua vida, de uma intervenção de Deus urgente em sua vida, lembre-se de esperar grandes coisas de Deus.

O coxo pediu a Pedro e a João uma esmola... mas, o que é que Deus tinha para aquele homem?

Ah! Deus tinha para ele um grande milagre... Deus tinha para ele uma grande bênção: Deus tinha cura para ele!

Você nunca pode esperar pouco de Deus... porque Deus nunca tem pouca coisa para você... Deus tem muito e tem o melhor.

Por isso, se precisamos de um milagre de Deus, de uma intervenção de Deus, vamos abrir mão da nossa pouca expectativa...

Talvez esse seja o nosso erro mais comum: imaginar que Deus abençoa extraordinariamente os outros e a nós não... não é verdade.

O nosso maior sonho, ainda é pouco, ainda é pequeno, diante do que Deus tem preparado nos dar.

...e o terceiro princípio é o seguinte:
3- DÊ UM PASSO DE FÉ
O homem só foi curado quando resolveu agir com fé, estendendo a sua mão para Pedro.

Quando a mão de Pedro tocou a mão do homem doente, seus os músculos e artelhos foram restaurados.

Sempre há um passo de fé precedendo um milagre.

A Bíblia revela isto em várias passagens:

Naamã, por exemplo, precisou ir até o rio Jordão e mergulhar sete vezes nele (2 Reis, 5.14));

O cego a quem Jesus curou, pondo-lhe um emplasto de saliva com terra nos olhos, teve quer ir ao tanque de Siloé, para ser curado (Marcos, 8.23).

A viúva de Sarepta, para ser recompensada, teve que abrir mão do pouco de farinha e azeite que tinha em casa (1 Reis, 17.14).

Conclusão
Há momentos em nossas vidas que só um milagre resolve, que só a intervenção de Deus para mudar o rumo das coisas...

Pois, Deus está sempre pronto para fazer o milagre em qualquer área da no nossa vida: seja no nosso casamento, no nosso caráter, nos nossos filhos, trabalho, em nós mesmos!

O principal, porém, é que saibamos esperar em fé, em confiança...

Alguém disse com acerto que “esperar é uma disciplina que Deus nos concede”.

Pr Walter Pacheco da Silveira, adaptado de Rev. José Kleber Fernandes Calixto

Nenhum comentário:

Postar um comentário